Selma - Uma Luta pela Igualdade

20:05

Título Original: Selma
Gênero: Drama, Histórico, Biografia
Direção: Ava DuVernay
Elenco: David Oyelowo, Tom Wilkinson, Carmen Ejogo
Duração: 2h8min
Sinopse: Cinebiografia do pastor protestante e ativista social Martin Luther King Jr. (David Oyelowo) que acompanha as históricas marchas realizadas por ele e manifestantes pacifistas em 1965, entre a cidade de Selma, no interior do Alabama, até a capital do estado, Montgomery, em busca de direitos eleitorais iguais para a comunidade afro-americana.



Selma conta a história do consagrado defensor dos direitos humanos dos afro-americanos, Martin Luther King. Mas tanto quanto pode ser considerado um biografia dele não conta sua história desde o início, focando-se em um acontecimento específico: a marcha de King, seus companheiros e a população de Selma até Montgomery em busca de seus direitos constitucionais ao voto.



Ao mesmo tempo em que vemos a luta pelo fim da segregação de forma mais concreta no sul dos Estados Unidos também temos uma visão dos jogos políticos por trás de tudo além de ainda ser abordado todas as dificuldades que fazer parte do movimento levavam para a vida particular de King, como a sua relação com a esposa que estava muito fragilizada no momento. Ainda nesse aspecto há uma ênfase um tanto quanto sutil de como as autoridades norte americanas monitoravam toda a sua vida e, mais do que isso, interferiam na mesma quando suas ações começavam a prejudicar a agenda política nacional.



Por mais que este filme seja considerado como uma biografia e tenha várias características de tal gênero pode-se observar que durante boa parte do filme o foco maior não era na vida Martin mas sim na luta negra, e esse pode ser considerado um dos aspectos mais positivos do filme. Em vez de se ver uma reprodução pura da vida de uma personalidade histórica, como ocorre, por exemplo, em A Dama de Ferro, o contexto de toda a época e causa é levado em consideração e mais do que isso, em Selma, possui um grande destaque, principalmente em relações às dificuldades internas e externas que o movimento enfrenta.

No que diz respeito à retratação do líder negro há uma outra escolha muito interessante e que não é a coisa mais comum de se ver em filmes biográficos: ele é racional. Não vemos David Oyelowo interpretar utilizando-se de grandes emoções mas sim com a lógica que um líder político necessita ter. E mesmo assim o longa não deixa de passar uma certa dose de emoção, só não sendo tanto quanto o público esperava talvez e com certeza não do lugar onde o mesmo esperava. Os momentos mais dramáticos são passados através dos "personagens secundários", e as aspas são por um motivo bem simples: por mais que King seja a grande estrela, o filme retrata a luta dos negros que levam uma vida comum e que sofrem com o preconceito e a ignorância presentes em seu dia a dia, e são exatamente eles que emocionam ao mostrarem a humilhação que passam pelo simples desejo de votar ou ainda a violência sem limites ou razão ao qual são subjugados.

Um fato muito importante foi a escolha cronológica. Como a maioria de filmes desse gênero a história é contada cronologicamente e termina contando através de pequenos parágrafos como cada pessoa continua sua vida, entretanto, como já dito, começa em um ponto diferente da vida de King: logo após o mesmo receber o prêmio Nobel da Paz em 1964. Vocês hão de concordar que seria muito mais fácil retratar King em seu início político, em contar sobre o memorável "I have a dream", mas também seria muito mais clichê. A ideia de se retratar uma fase muito mais madura e ambiciosa do movimento por direitos civis não só foi ousada como muito acertada, dando uma maior importância ao papel político do pastor protestante, mostrando que por mais que seu famoso discurso tenha sido o seu ápice ele continuou na luta porque mesmo que sua fala tenha atingido à muitos ainda havia muito pelo que se batalhar.

Vale destacar também como o longa conseguiu um timing quase que perfeito. Sua estreia coincidiu com a explosão de toda a questão negra dentro dos Estados Unidos e o fato de as duas coisas levantarem um questionamento mais do que necessário, espelhando o passado e o presente faz com que o filme atinja um patamar importante não só da arte pela arte mas também como uma certa conscientização civil ainda maior. E esse papel é um dos mais importantes que uma arte pode desempenhar, ainda mais sendo que essa é a proposta do filme.


A parte técnica do filme também não deixou a desejar, com uma ótima fotografia (destaque aqui para a cena do ataque na ponte, na qual não só a fotografia estava ótima como a trilha sonora e a narração; uma das melhores cenas do filme, se não a melhor, com toda a certeza), ótimas atuações, trilha sonora razoável com a música perfeita: Glory e diálogos bem desenvolvidos com um enorme cunho para a discussão política - seja essa de forma civil ou entre os próprios governantes - e ainda tendo espaço para demonstrar, nos mesmos diálogos, a óbvia influência religiosa em meio as questões sociais.

Perante tudo isso é fácil afirmar que Selma é um filme maravilhoso; porque é. Mas mesmo assim quando termina fica o sentimento de "está faltando algo", tirando um pouco o brilho do filme, e a questão é que esse algo não é nem mesmo decifrável pra mim. Talvez eu estivesse esperando muito mais emoções - mesmo reafirmando aqui que o retrato mais lógico de King foi extremamente pertinente - ou ainda a minha expectativa fosse apenas muito alta (e era muito alta mesmo).

Trailer





You Might Also Like

40 comentários

  1. Oi, tudo bem? Nossa, adorei a resenha do filme! Selma é um longa que estou doido para assistir! O filme parece ser muuuuuuuito bom. Já li vários elogios para ele! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    Fiquei interessada nesse filme, saber um pouco mais da historia do Martin Luther King e toda a luta dos negros contra a divisão de classes e preconceito, e ainda com uma super produção, pelo trailler dá para perceber que a fotografia está realmente linda. Já entrou na lista de filmes para assistir, parabéns pela resenha.

    Beijos
    http://entaotudoaconteceu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Ai está um filme que COM CERTEZA, irei assistir. Gostei da história e da premissa.

    http://palavrasdelucidez.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa adorei a resenha.
    Não conhecia esse filme, como sou mega curiosa adoro biografias, rsrs e logico que não poderia perder um onde retrata um pouco da vida do Martin.
    Obrigada, entro na lista sem duvidas.

    bjs
    http://www.nosleitoras.com/

    ResponderExcluir
  5. Oláá!

    Eu não conhecia esse filme e não sou tããão chegada a esse tipo, gosto mais de comédia, mas confesso que gostei muito da sua resenha. Mesmo você dizendo que faltou alguma coisa, acho que a história dele ainda consegue ser muito tocante.
    Realmente ir com muita sede ao pote nos causa um pouco de insatisfação.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Selma é um filme que está na minha lista faz um tempinho, pena que ainda não consegui assistir.
    Ótima resenha, e acho que sempre que vamos assistir algo, tendo altas expectativas, a gente acaba se decepcionando um pouquinho. Acontece, rs.
    Gostei bastante do post!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Conhecidetimente baixei esse filme para assistir ontem e estou bem ansioso, e acho que assistirei essa madrugada mesmo. Martin Luther King foi um grande e importante líder para a democracia e para o preconceito, admiro muito tudo o que ele fez, um homem muito corajoso para enfrentar tudo isso em meio a sua época. Amei a resenha do filme.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Concordo com o ponto levantado sobre a abordagem mais racional. Muitos diretores de filmes hoje estão apelando muito para o sentimental quando vão retratar a vida de grandes nomes da História e acabam esquecendo da objetividade que cada um deles tinha em vida. Gostei também da cronologia do filme, tem uns que ficam fazendo tanto vai e vem e misturando passado e presente que me irrita e com Selma foi tudo muito bem trabalhado. Realmente é um filme muito bom, mas eu não recomendo para qualquer um, infelizmente.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi! Tudo bem?

    Puxa, gostei de conhecer as suas impressões a respeito desse filme. Já ouvi falar muito bem dele, mas até então não conferi para tirar as minhas conclusões.

    É uma pena, no entanto, que as suas expectativas não tenham sido totalmente supridas. Isso é um saco, mas geralmente quando esperamos muito de alguma coisa, isso acontece.

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Filmes que abordam essa temática são meus queridinhos, principalmente quando retratados de maneira racional.
    Gostei de saber sobre a forma diferenciada para contar a história de Martin, fugir do clichê em filmes do gênero faz um grande diferencial.
    Coincidentemente, vou assistir esse filme hoje. =)

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  11. Esse filme deve ser muito bom!!
    Aliás eu acho que ele não recebeu a devida atenção na cerimônia do Oscar esse anão, não acha?
    Já está na minha lista se filmes!

    Beijos,
    Fernanda
    www.oprazerdaliteratura.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu vi o trailer desse filme e estou louca pra ver... Fiquei até meio triste no oscar pq foi meio esquecido.
    Achei bacana eles mostrarem o Homem e não o Mito.
    Já estava na minha lista e agora vou subir pro topo..kkkk

    ResponderExcluir
  13. Suas observações sobre a cronologia d]apresentada no filme foi ótima! Ainda não assisti Selma, vi apenas o trailer e pude perceber a qualidade da produção. Sua resenha está excelente e me deixou com mais vontade de assistir ao filme.

    Beijinhos!
    www.citacaonumclick.com.br

    ResponderExcluir
  14. Para quem gosta desse gênero, é uma ótima opção!
    Não sou fã de política, então eu passo haha

    Beijos ;*
    Proseando com uma BibliophileFacebook

    ResponderExcluir
  15. Oiiiii, eu ameiiii seu ponto de vista, já assisti o filme e gostei demais!, porque as pessoas não assistem achando que há política que saco,mas o filme é show de bola-
    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Caramba! Adorei a resenha! Realmente estou com muita vontade de assistir o filme!
    Parabéns pelo trabalho! ^^

    http://tedioescritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia o filme, vou procurar,
    porque caramba que história marcante!
    Porque MLK tem muito a nos ensinar, sem dúvidas.
    Adorei seu ponto de vista.
    Beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  18. Esse é um filme que preciso ver para ontem. Preciso ter em casa e preciso usar no trabalho. A melhor indicação do dia!
    Gostei do seu texto, mas é complexo debater sobre ele se não assisti ao filme e como me envergonho por não ter visto ainda! Muito feliz com a indicação!
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Esse filme parece ser lindo.
    Quero muito assistir, ainda mais depois de toda a divulgação que teve com o Oscar deste ano.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi,
    Durante a temporada de premiações costumo assistir o maior número possível de filmes que estão concorrendo e na desse ano eu não consegui ver Selma pois não estava nos cinemas aqui no Brasil e também não encontrei pela internet... Mas ele parece ser muito bom, e agora lendo sua crítica já vou diminuir um pouco minha expectativa pois como você estou esperando ver um filme bem ''emocionante''...
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Vergonha de não ter visto o Selma ainda: na época do Oscar me meti numa maratona de filmes indicados e acredita que ele não estava no meio? Preciso ver e voltarei aqui pra dizer minha opinião. Mas fiquei super feliz pelo lindo John Legend ter sido premiado pela Glory. Essa música é de uma beleza absurda
    Beijinho, adorei suas dicas!
    http://derepenteblogueidsc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá
    Nunca tinha ouvido falar mas com certeza despertou minha curiosidade, o tema abordado é bem tabu e acho que devia ser mais discutido, adoro assistir coisas assim, então, vou tentar ver em breve e sua resenha está ótima.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oii, tudo bem?
    Não assisti o filme, mas em breve irei assistir, pois além pa premissa super interessante, minha mãe vive falando que quer ver o filme pois o nome dela é Selma, rsrs...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  24. Ola, ainda não assisti esse filme, mas sua sinopse já nos prepara para uma grande história , com luta por direitos iguais somente esse tema já vale a pena, mereceu as indicações ao Oscar. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não sou muito de ver filmes, mais ainda biográficos, mas tenho bastante curiosidade em saber mais sobre o Martin Luther King e acredito que esse filme permite que conheçamos um pouco, né? Então quem sabe eu não o veja. Enfim, adorei a dica de filme, continue trazendo dicas assim para a gente o/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi! Não vou poder falar do filme, pois não vi ainda. Mas deve dizer que não gosto de filmes que apelam para a emoção do publico. Se Selma é um filme mais racional, já me ganhou por isso. E acredito que foi uma decisão difícil do diretor. Seria bem mais fácil fazer o publico chorar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Esse filme me dá arrepios só de ver o trailer. Me lembro quando fiz um trabalho sobre o Martin Luther King e a história dele é simplesmente emocionante e acho que o filme conseguiu retratar a essencia do que foi a importancia dele dentro da história dos EUA.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Depois dessa resenha linda, não posso mais adiar... Vou pegar este filme para assistir. desde que li o nome e fiquei sabendo do que se tratava me interessei, mas vou deixando passar... Você me convenceu! Já passou da hora de assistir! *-*

    adorei seu cantinho!
    Um abraço!

    u estava numa curiosidade só por este livro. Li algumas resenhas e tal, mas nenhuma delas me deixou tão curiosa quando a sua! *-* Não vai ter jeito vou ter que quebrar minha promessa de não comprar livros. Na verdade outra vez né.... Já escorreguei este mês. rsrs

    Um abraço =D

    www.pensamentosvalemouro.com.br

    ResponderExcluir
  29. Esse é um filme que eu quero ver. Infelizmente, as séries atrapalham meus planos kkkk Tenho que tomar vergonha na cara!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  30. Esse é um filme que eu quero ver. Infelizmente, as séries atrapalham meus planos kkkk Tenho que tomar vergonha na cara!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  31. Oii, tudo bem? Gostei bastante da sua crítica sobre o filme. Gosto muito desses filmes de lutas pelos direitos civis dos negros e a busca pela igualdade e esse parece ser muito bom. Adorei o trailer e aquela cena da ponte parece ser bem intensa.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  32. Muito bom! Curto muito filmes assim e sua resenha me deixou bem interessada. Vou procurar assistir. Beijos!

    ResponderExcluir
  33. Olá, gostei muito da sua opinião sobre o filme. Não conhecia infelizmente mas espero assistir algum dia e gostar como você. Que pena que teve muita expectativa, isso estraga na maioria das vezes rs.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  34. Nossa, eu sou muito fã do King, ele é incrível! Não sabia desse filme, mas agora quero assistir. Achei legal esse recorte em uma época específica, dá pra retratar melhor o período
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  35. Olá =)

    Parabéns pela resenha! Confesso que esse tipo de filme não me atrai. Mas se por acaso eu encontrá-lo por acaso, posso dar uma chance a ele. Faz mais o gênero da minha mãe, rs. Mas gostei da sua opinião sobre o filme. Dica anotada para passar para a mamis, rs.

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  36. Oi ^^
    Eu ainda não conhecia o filme, mas gostei da sua resenha, você conseguiu passar de forma clara as suas impressões a respeito.
    Infelizmente esta obra não faz muito o meu estilo, mas vou guardar esta indicação para pessoas que eu tenho certeza de que gostarão bastante :D

    bjs

    ResponderExcluir
  37. Oii não conhecia esse filme, mas ele me despertou a atenção, uma história forte né? Confesso que não faz muito o meu estilo de filmes, mas fiquei curiosa.
    Talvez eu assista.

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  38. Não vi o filme ainda, na verdade ando meio parada em termos de filmes, e nem tem um motivo claro para isso. Mas por todo o enredo envolvido com certeza é filme que quero ver. Engraçado que mesmo tendo agradado, você achou que ficou faltando algo, espero que isso não aconteça comigo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  39. Oiee, tudo bem?

    Adoro fazer maratona Oscar quando está perto da premiação, mas não tive tempo de ver Selma. Adoro filmes históricos e esse parece ser bem emocionante. Curiosa para ver o filme. Vou procurar na Netflix

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  40. Oi, tudo bem? Bom, eu adoro temas sociais e Selma está na minha lista de filmes a serem assistidos, com certeza. Adoro quando um filme aborda fatos históricos e pretende fazer o público reavaliar seus conceitos. Tenho certeza de que ele tem uma grande lição. Adorei a resenha, muito bem exposta e escrita!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Popular Posts

recent posts

Flickr Images